A história do Kapap

Com o fim do Império Otomano (turco) na Palestina, os colonos judeus perceberam que não podiam confiar em ninguém para defender e protegê-los contra a ameaça das gangues árabes.

Eles começaram a desenvolver um sistema simples "auto-defesa", composto de elementos simples. Eles aprenderam métodos de combate de soldados britânicos que ainda estavam lutando os turcos. O assentamento judaico, estava apoiando os ingleses naquela época, sendo reforçado, a fim de minar o domínio turco.

 

Sua formação britânica incluiu o boxe, judo, wrestling e outros sistemas de combate que os soldados britânicos tinham aprendido durante o reinado do Império Britânico. Trainees adicionado lutando com uma bengala, pastor pau, faca e baioneta. Eles chamaram este estilo de luta Kapap קפא"פ (hebraico acrônimo para Krav Panim el Panim, קרב פנים אלפנים combate cara-a-face).

 

Entre os anos de 1920-1948 Kapap evoluiu e tornou-se a doutrina de combate das diferentes movimentos subterrâneos, principalmente a Haganah הגנה (a palavra hebraica para defesa). Kapap desenvolveu e tornou-se mais sofisticada ao longo dos anos. Os novos imigrantes para a Palestina trouxeram consigo novas práticas e táticas.

Com o estabelecimento do Estado de Israel em 1948, Kapap tornou-se a doutrina de combate para a das Forças de Defesa de Israel Israel Polícia e as várias forças armadas de Israel na época. O estilo único continuou evoluindo, adicionando elementos de combate moderno, clássico e antigo usando rifles e armas também. Kapap tornou-se o conceito de estilos de luta simples e muito eficaz.

REDES SOCIAIS:
ENDEREÇO:
  • w-facebook
  • White Instagram Icon

Centro de Treinamento Kravista - Av. 28 de Abril n° 621/4° andar - Centro/Ipatinga 

Sala de Terapias - 4° andar sala 401

Sala de treinamentos - 4° andar sala 403

kravista.com.br - © Todos os direitos reservados.